Ações da MVV em municípios da região ganham destaque no mês dedicado ao meio ambiente

Neste mês dedicado ao meio ambiente – Dia Mundial do Meio Ambiente – 5 de junho – as ações da Mineração Vale Verde (MVV) voltadas à preservação da fauna e da flora da região ganham ainda mais importância e destaque na comunidade. A parceria com órgãos do poder público, entidades não governamentais, escolas, universidades e moradores tem resultado em exemplos a serem seguidos por todos em benefício da vida e do planeta.

E nesta semana, a equipe de meio ambiente da MVV leva os conhecimentos na área e os projetos realizados para moradores e estudantes da Escola Estadual Nossa Senhora da Conceição, em Craíbas. A ação está inserida na VI Mostra Ambiental de Craíbas, que acontece na sexta-feira, dia 14, no Ginásio Poliesportivo da instituição de ensino.

Como os cuidados com a natureza devem ser constantes, as atividades de meio ambiente da MVV se desenvolvem desde a chegada da empresa na região, há aproximadamente 10 anos. Entre os projetos destacados constam a criação de um viveiro de plantas com a produção de 38 espécies nativas do bioma caatinga e do Centro de Educação Ambiental, onde a reintrodução das espécies na natureza são trabalhadas com a comunidade.

No centro, também há em execução projeto para o cultivo de hortaliças no sistema de hidroponia e projeto de reciclagem com compostagem orgânica e minhocário, além do projeto de extensão com a comunidade, que pode realizar visitas ao local e conhecer de perto as técnicas utilizadas e as ações voltadas ao meio ambiente pela MVV.

“A Mineração Vale Verde está comprometida com o bem-estar das comunidades onde atua e com a preservação dos recursos naturais existentes, unindo esforços para um novo tempo”, pontua Jadson Gama, técnico em meio ambiente da MVV, envolvido nas ações em execução.

E como resultado até então, mais de 8 mil mudas nativas da caatinga já foram plantadas em municípios da região, entre os quais Craíbas, Batalha, Arapiraca e Limoeiro de Anadia, distribuídas em escolas, postos de saúde e na frente de casas de moradores dessas localidades, entre outros locais.

Na área onde a MVV está instalada, na zona rural de Craíbas, a preservação da fauna e da flora, incluindo a reintrodução de árvores, neste período, propiciou a ampliação e o crescimento da mata nativa. Com isso, criou-se uma trilha ecológica do bioma caatinga, aberta à visitação e passeios previamente agendados para a comunidade, principalmente a estudantil, incluindo alunos da Universidade Estadual de Alagoas (Uneal) e Universidade Federal de Alagoas (Ufal), entidades parceiras na elaboração de estudos ao fortalecimento das ações e preservação da natureza.

Mineração Vale Verde: responsabilidade, ética e compromisso com o futuro de Alagoas e do Brasil.

27

Estudantes participam de trilha ecológica em área de proteção ambiental da MVV

Deixe uma resposta