Mineração Vale Verde Projeto Serrote adquire equipamentos e avança em seu processo de instalação no Agreste Alagoano

O Projeto Serrote da Mineração Vale Verde (MVV) avança mais uma etapa em seu processo de instalação no município de Craíbas, região Agreste de Alagoas.
A MVV selecionou a FLSmidth para o fornecimento do sistema de moagem do projeto, que inclui o moinho de bolas (11MW), hidrociclones e bombas da moagem.  O anúncio ocorreu em março no escritório da MVV em Belo Horizonte (MG).

Os equipamentos são fundamentais para a cadeia produtiva do Projeto, que terá capacidade para processar aproximadamente quatro milhões de toneladas de minério de cobre por ano e inclui, além da moagem, etapas de britagem, flotação e filtragem.
De acordo com o gerente-geral da MVV, Tony Lima, o prazo para fornecimento do sistema de moagem é de 14 meses. “É um grande marco para o projeto esta aquisição dos primeiros e maiores equipamentos da nossa planta de beneficiamento. Estamos felizes em firmar esta grande parceria com a FLSmidth, um dos mais renomados fornecedores do setor”, destaca.

Com a compra dos equipamentos, a empresa segue com as atividades de preparação para construção. O investimento previsto para instalação do projeto Serrote é de aproximadamente R$ 700 milhões e a previsão é de geração de até 1.200 empregos diretos e indiretos durante o pico da construção em 2020.

Localizada a 150km de distância da capital alagoana, a MVV é considerada pelo governo do Estado como um marco na geração de renda e no desenvolvimento da região Agreste de Alagoas.

Projeto Serrrote se instala no interior de Alagoas

Deixe uma resposta