SUSTENTABILIDADE

A Mineração Vale Verde tem um compromisso com o desenvolvimento do território onde está inserida, fomentando, por meio de parcerias estratégicas com instituições que atuam nestes territórios, a melhoria na qualidade de vida dos moradores dessas localidades com iniciativas de qualificação de mão-de-obra, apoio à educação, saúde, lazer, inclusão social e geração de emprego e renda, entre outras.

PROJETOS E PROGRAMAS SOCIOAMBIENTAIS

HIDROPONIA

 

Módulo com capacidade para 200 mudas, com o objetivo de demonstrar uma alternativa de renda para a comunidade com uso de pouca água.

AVICULTURA TRADICIONAL

 

Módulo que permite o fornecimento de assistência técnica e realização de práticas experimentais junto a agricultores locais.

MELIPONICULTURA (CRIAÇÃO DE ABELHAS SEM FERRÃO)

 

A reprodução de abelhas do gênero Melipona quadrifasciata (sem ferrão) tem os objetivos de polinização das áreas de reserva legal e de capacitação dos agricultores locais.

VIVEIRO DE MUDAS

 

A produção de 40 espécies de árvores e arbustos nativos dá preferência a indivíduos do bioma caatinga. Muitas são utilizadas na revegetação de áreas de preservação permanente (APPs) e de reserva legal. Entre 2009 e 2018 já foram produzidas cerca de 40 mil mudas para atendimento da demanda da própria MVV e trabalhos de educação ambiental promovidos nas cidades próximas ao empreendimento. A capacidade total do viveiro é de 84 mil mudas/ano.

DIÁLOGO SOCIAL

 

Visando à manutenção de sua licença social para operar por meio de um relacionamento aberto e estruturado com as comunidades que compõem a área de influência direta (AID) do Projeto Serrote, localizadas próximas ao empreendimento, realizamos reuniões regulares abordando temas de interesse dos moradores, projetos e ações da MVV, incluindo os principais impactos positivos e negativos relacionados à implantação do Projeto.

Ao final de cada encontro, os participantes avaliam sua efetividade e legitimam, de forma simbólica, por meio de uma votação secreta, a continuidade do desenvolvimento do Projeto. Até outubro de 2019, após dez rodadas realizadas, a média das avaliações positivas dos encontros era de 93,3%, sendo descartados os votos “péssimo”, “ruim” e “regular” (consideram-se apenas as avaliações “bom” e “excelente” em uma escala Linkert de cinco pontos).

PROGRAMA DE QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL

 

Para manter o nosso compromisso de priorizar a contratação de mão-de-obra local, de modo que nossas vagas sejam ocupadas por moradores do Agreste Alagoano, região onde estamos presentes, desenvolvemos o Programa de Qualificação Profissional da MVV. Em parceria com o SENAI e as prefeituras de Arapiraca e Craíbas, no total foram mais de 550 vagas oferecidas para cursos nas áreas de carpintaria, mecânica, solda, eletricista entre outros. Com a finalidade de formar mão de obra capacitada para atender a mineração, suas empresas terceirizadas e empresas em geral do estado de Alagoas.

Embora a participação no Programa não seja uma garantia de emprego, os formandos têm um diferencial competitivo no currículo em processos seletivos, na MVV ou em outras empresas, já que seu certificado de formação é reconhecido nacionalmente. No caso específico da mineradora, cerca de 70% dos trabalhadores nas terceirizadas atuando no Projeto Serrote ao fim de agosto de 2019 eram provenientes de Alagoas, sendo 56% do total de pessoas vindos dos municípios de Arapiraca e Craíbas. De acordo com suas diretrizes de Recursos Humanos, a MVV tem o compromisso de contratar e incentivar, por parte das empresas que atuam no empreendimento, um mínimo de 70% de trabalhadores da região.

IMPORTANTE: Embora os formandos tenham um diferencial competitivo em seu currículo e um banco de dados com informações dos mesmos seja disponibilizado para todas as empresas que atuam no Projeto Serrote, a participação no Programa de Qualificação Profissional da MVV não é uma condição obrigatória para participar dos processos seletivos da empresa.

PROGRAMA DE DESENVOLVIMENTO DE FORNECEDORES

 

Além de promover o desenvolvimento socioeconômico da região, a parceria entre a Mineração Vale Verde e a LOG Estratégia viabiliza a melhora dos serviços prestados por fornecedores que possuam contrato com a mineradora, ampliando a qualidade dos bens e serviços locais necessários à implantação do Projeto Serrote. Os setores de atuação das 50 empresas selecionadas entre as mais de 220 que se candidataram às vagas do Programa vão desde fardamento e alimentação à manutenção de ar-condicionado e lava-jato, entre outros.

Embora a adesão das empresas selecionadas para o Programa não seja uma garantia de fornecimento para a Mineração Vale Verde ou sua parceira LOG Estratégia – já que esta decisão depende, entre outros fatores, de questões comerciais etc. – essa participação contribui com o seu crescimento e prepara seus representantes para o mercado como um todo, na medida em que a iniciativa da MVV oferece acesso a conhecimentos específicos.

IMPORTANTE: Embora as empresas participantes do Programa de Desenvolvimento de Fornecedores da MVV tenham uma participação na iniciativa não é uma condição obrigatória para se tornar um parceiro comercial da Mineração Vale Verde. A definição e contratação dos fornecedores está sendo realizada conforme o cronograma do Projeto Serrote, mas sempre há oportunidades em aberto. Uma empresa que tenha interesse em fazer parte do banco de dados da MVV pode enviar suas informações a qualquer momento para o Fale Conosco, no número (82) 98189-6016.