COVID-19: MVV recebe fiscalização da Secretaria de Saúde de Craíbas

By 21 de Maio de 2020Releases

Comitiva visitou instalações do Projeto Serrote para avaliar medidas de combate ao COVID-19

A vida, a saúde e a segurança dos trabalhadores e de seus familiares como o valor mais importante de todos para a Mineração Vale Verde (MVV): foi o que pôde ser demonstrado nesta quarta-feira (25) à equipe da Prefeitura de Craíbas que esteve nas instalações do Projeto Serrote, na zona rural da cidade.

A comitiva formada pelo prefeito Ediel Leite; a secretária Municipal de Saúde, Tathiane Queiroz; a secretária-adjunta, Flávia Lima; a coordenadora etimológica de Vigilância em Saúde, Cristiene Barbosa; e a coordenadora de Atenção Básica, Jéssica Melo, foi recebida pelo gerente geral da MVV, Tony Lima, e pelo gerente de Saúde, Segurança, Meio Ambiente e Assuntos Corporativos (SSMAC), Renato Saraiva, para apresentar as medidas adotadas pela empresa na prevenção ao novo coronavírus (COVID-19).

Os representantes da Prefeitura realizaram uma inspeção técnico-sanitária nas instalações e atividades realizadas, após o decreto do Governo de Alagoas da última sexta-feira (20), lembrando que o citado decreto autoriza a continuidade de atividades de construção, como as que atualmente transcorrem no atual estágio do Projeto Serrote. Foi feita uma ampla vistoria nos prédios administrativos, no refeitório e no novo ambulatório da empresa.

Na oportunidade, Tony reiterou que a MVV segue estritamente todas as orientações da Organização Mundial da Saúde (OMS), do Ministério da Saúde e do órgão estadual competente, reforçando a cultura de comportamento seguro junto aos empregados e terceirizados que dão prosseguimento à implantação do Projeto.

“Todas as regras de segurança e saúde obrigatórias para os empregados da MVV devem ser igualmente realizadas pelos empregados das empresas terceirizadas”, diz o gerente geral da MVV.

Com o intuito de manter a prevenção ao COVID-19, a empresa tem intensificado as ações de higienização de ambientes e superfícies como maçanetas, mesas, cadeiras, telefones, vasos sanitários e instalações em geral, bem como ações de comunicação, treinamento e monitoramento dos trabalhadores, além da oferta de álcool gel por todo o Projeto, haja vista que os trabalhadores que atuam na obra já têm a prática do uso

correto dos equipamentos de proteção individuais (EPIs), como luvas e máscaras, o que minimiza os riscos de transmissão da doença.

“O que vimos na MVV já era esperado: antes da quarentena ser instituída, a própria empresa já vinha se precavendo. E com o decreto do Governo do Estado, direcionou o distanciamento dos trabalhadores para evitar aglomerações, a orientação quanto à frequente higienização das mãos e o uso de álcool gel no local de trabalho e o envio dos empregados para trabalho remoto, nas funções elegíveis. Nessa vistoria, vimos a ocupação dos escritórios reduzida e os cuidados existentes. Esperamos que essa fase difícil para nós todos passe o mais rapidamente possível”, pontuou a secretária-adjunta de Saúde de Craíbas, Flávia Lima.

NOVAS ENTREGAS

Essa quarta (25) também foi marcada por novas entregas de itens de apoio à população pela MVV à Prefeitura de Arapiraca e ao 3º Batalhão de Polícia Militar (BPM) de Alagoas: 2.000 litros de sabonete líquido, 30 aventais cirúrgicos e 100 litros de água sanitária. Em dois dias, foram 5.000 litros de materiais de limpeza, aventais e rolos de papeltoalha, que irão apoiar nosso povo nesta luta contra o COVID-19, que é de todos nós.

Assim, a MVV reafirma seu compromisso com a saúde dos trabalhadores do Projeto Serrote, seus familiares e as comunidades próximas ao empreendimento, que também integram o território do qual ele faz parte. Precisamos, mais do que nunca, estar juntos para superar este grande desafio.

SOBRE A APPIAN

Desde 2018, 100% do capital da MVV pertence a um fundo de investimentos administrado pela Appian Capital Advisory LLP focado em mineração. O fundo também possui um ativo no Brasil no município de Itagibá (BA), denominado Atlantic Nickel, tendo foco na produção de concentrado de níquel sulfetado, com capacidade nominal de 120 mil toneladas/ano e que voltou a operar em janeiro de 2020. Sediada em Londres, a Appian possui ainda escritórios em países como África do Sul e Canadá.

 

Para mais informações: Zóio Comunicação – Assessoria de imprensa da Mineração Vale Verde do Brasil Ltda. Contato: Marcelo Amorim (jornalista MTE 494/AL) – imprensa@vale-verde.com – Tel.: +55 (82) 99985-3014