Prevenção: empregados do MVV recebem vacina contra Influenza

By 21 de Maio de 2020Releases

Em tempos de COVID-19, é ideal estar imune a outras doenças respiratórias nesta época do ano

Especialistas do mundo todo estão correndo contra o tempo para conseguir a vacina contra o novo coronavírus (COVID-19). Enquanto isso, precisamos nos prevenir para ficarmos com a saúde em dia.

A fim de evitar que outro vírus se manifeste, a Mineração Vale Verde (MVV) realizou nesta sexta-feira (3), dentro de suas medidas preventivas adotadas, a vacinação contra a Influenza (H1N1, H3N2 e dois vírus do tipo B) em todos os seus empregados.

O local de aplicação foi no próprio ambulatório da MVV. Para os que estão em trabalho remoto (home office), foram realizadas rotas de ida à empresa para que fosse recebida a vacina.

Assim, a companhia pôde cobrir a todos e todas, mantendo seu compromisso com a saúde e a segurança dos trabalhadores do Projeto Serrote, instalado na zona rural entre as cidades de Arapiraca e Craíbas.

NOVO AMBULATÓRIO

A empresa continua investindo em seus empregados: no último dia 11, o Projeto ganhou um ambulatório justamente para o atendimento médico de seus trabalhadores.

Tony Lima, gerente geral de Operação da MVV, ficou bastante contente com o avanço das obras no empreendimento, tendo sempre esse enfoque na segurança de todos.

O local dispõe de sala de observação, depósito, farmácia, banheiros, copa, vestiários, sala de atendimento médico, sala de emergência e recepção, além de um cômodo para a Brigada de Emergência da MVV.

Na inauguração, foram realizados exames em parceria com a Unidade Integrada do Sesi/Senai de Arapiraca. Houve coleta de sangue, eletroencefalograma, eletrocardiograma, raio X de tórax e lombar, acuidade visual, audiometria e consulta psicológica.

Esses são exames periódicos que os empregados anualmente têm que fazer para ficarem em consonância às recomendações da Norma Regulamentadora 7 (NR7) e a própria Consolidação das Leis do Trabalho (CLT).

O ambulatório fica nas proximidades dos escritórios administrativos da MVV, servindo também como base para um primeiro atendimento, caso algum trabalhador eventualmente sinta algum mal-estar.

A empresa vem seguindo todas as recomendações dos órgãos sanitários e governamentais no quesito higienização de ambientes e superfícies como maçanetas, mesas, cadeiras, telefones, vasos sanitários e instalações em geral, bem como aplicando ações de comunicação, treinamento e monitoramento dos empregados, com grande oferta de álcool gel 70% por todo o Projeto Serrote, haja vista que os trabalhadores que atuam na obra já têm a prática do uso correto dos equipamentos de proteção individuais (EPIs), como luvas e máscaras, o que minimiza os riscos de transmissão da doença.

Dessa forma, a MVV reafirma seu compromisso com a saúde dos trabalhadores do Projeto, seus familiares e as comunidades próximas ao empreendimento, que também integram o território do qual ele faz parte. Precisamos, mais do que nunca, estar juntos para superar este grande desafio.

SOBRE A APPIAN

Desde 2018, 100% do capital da MVV pertence a um fundo de investimentos administrado pela Appian Capital Advisory LLP focado em mineração. O fundo também possui um ativo no Brasil no município de Itagibá (BA), denominado Atlantic Nickel, tendo foco na produção de concentrado de níquel sulfetado, com capacidade nominal de 120 mil toneladas/ano e que voltou a operar em janeiro de 2020. Sediada em Londres, a Appian possui ainda escritórios em países como África do Sul e Canadá.

Para mais informações: Zóio Comunicação – Assessoria de imprensa da Mineração Vale Verde do Brasil Ltda. Contato: Marcelo Amorim (jornalista MTE 494/AL) – imprensa@vale-verde.com – Tel.: +55 (82) 99985-3014