MVV investe R$ 380 mil na luta contra COVID-19 e é destaque em revista

By 21 de dezembro de 2020Releases

Projeto Serrote doou, ao longo do ano, toneladas de alimentos e itens de higiene para Arapiraca e Craíbas

A edição nº 88 da Revista In The Mine destacou o empenho do Grupo Appian Brazil e da Mineração Vale Verde (MVV) no enfrentamento ao novo coronavírus (COVID-19) este ano.

O periódico, que trata de gestão de processos e tecnologia para mineração, já está em seu 14º ano de publicação, sendo um dos mais conceituados do Brasil.

A edição, que compreende os meses de novembro e dezembro, trouxe a partir da página 17 o depoimento do CEO da Appian Brazil, Paulo Castellari, com a temática especial “Análises e Perspectivas: mineradoras falam de sua atuação no cenário atípico de 2020 e das projeções e planos para o ano de 2021”.

“O ano de 2020 ficará marcado na história como o ano que nos ofereceu a oportunidade de confirmar nossa resiliência e de repensar a aplicabilidade de nossos planos de curto, médio e longo prazos; de ajustar nossos projetos, nos ensinando um novo jeito de atuar”, disse Castellari.

Segundo ele, nos dois ativos da companhia – a Atlantic Nickel, na Bahia, e a MVV, em Alagoas –, a adoção dos novos protocolos de controle e segurança foi algo natural, agora sendo parte da forma como a empresa opera.

“Nosso time sempre teve a Segurança como valor principal e esse foco, associado com a disciplina com a qual exercemos tudo o que fazemos, foi essencial para que pudéssemos passar por períodos complicados dessa jornada que tem sido o enfrentamento da COVID-19”, ressaltou o CEO da Appian Brazil.

Apesar desses desafios, ele pontuou que este ano foi marcado pelo alcance de importantes metas na MVV, afinal, o Projeto Serrote já está com 90% das obras concluídas e tem previsão de iniciar em meados de 2021 o beneficiamento do concentrado de cobre.

Na reportagem, houve a inserção, ainda, de uma tabela com as ações de prevenção e combate à COVID-19 realizadas pela MVV, com investimentos da ordem de R$ 380 mil e cerca de 22.500 pessoas beneficiadas.

Entre as principais medidas adotadas durante a pandemia do novo coronavírus estão a contratação do Instituto Saúde e Cidadania (ISAC) para prestar assistência a pessoas ligadas ao Projeto em observação (home care) e o lançamento do website www.vale-verdecovid19.com, para esclarecer dúvidas para empregados e moradores da região a respeito dessa nova doença.

“Também doamos toneladas de alimentos e itens de higiene e limpeza às populações de Arapiraca e Craíbas, as duas cidades onde está situado o Projeto Serrote. Contemplamos ainda hospitais da região com luvas, testes rápidos, aventais e termômetros digitais e criamos o EuSaúde 24h – plataforma de uso gratuito para triagem eletrônica pelo WhatsApp por meio do (31) 9.9674-7263”, conclui o gerente geral de Operação da MVV, Tony Lima.

Para ele, o ano de 2020 foi especialmente desafiador por conta das obras de implantação, das fortes chuvas e da COVID-19.

“Com foco, disciplina e resiliência, seguiremos firmes alcançando as nossas novas metas desse ano que está chegando, sempre cuidando dos nossos empregados, das famílias deles e dos moradores das 14 comunidades no entorno do nosso empreendimento. Não podemos nos acomodar diante da COVID-19. Vamos manter nossos alvos, mas com o cuidado redobrado”, pontua.

SOBRE A APPIAN

Desde 2018, 100% do capital da MVV pertence a um fundo de investimentos administrado pela Appian Capital Advisory LLP focado em mineração. O fundo também possui um ativo no Brasil no município de Itagibá (BA), denominado Atlantic Nickel, com foco na produção de concentrado de níquel sulfetado e capacidade nominal de 120 mil toneladas/ano, que voltou a operar em janeiro de 2020. Sediada em Londres, a Appian possui ainda escritórios em países como África do Sul e Canadá.